close

Formulário de Contato

Se tens dúvidas ou precisas de esclarecimentos em relação aos nossos serviços, entra em contato conosco pelo formulário ou através de telefone.

Boletim Informativo

Categoria: Roedores

Vacinação de coelhos

Os coelhos (Oryctolagus cuniculus) devem ser vacinados contra 2 doenças víricas: a Mixomatose e a Doença Vírica Hemorrágica. A Mixomatose é uma doença vírica, altamente contagiosa, provocada por um poxvírus muito comum em coelhos selvagens. É transmissível por contacto direto ou por vetores, como pulgas, mosquitos e ácaros. Os animais com acesso ao ar livre são os mais suscetíveis, mas qualquer um pode ser infetado.

Os sinais clínicos aparecem 5 dias a 1 semana após a infeção. Há duas formas desta doença. Na forma mais típica, aparecem edemas ou nódulos na região da cabeça, que se espalham rapidamente por todo o corpo. Na forma atípica, manifesta-se por sinais respiratórios e oculares. Após o aparecimento dos primeiros sinais, a progressão é rápida e a mortalidade extremamente elevada. O período de maior risco para o aparecimento da Mixomatose é nos meses mais quentes e húmidos, como a Primavera, Verão e Outono. Esta doença carateriza-se pela sua sazonalidade, verificando-se os maiores picos durante o fim do Verão. Para esta doença, os coelhos devem ser vacinados a partir dos 2 meses de idade e depois semestralmente. É aconselhável a vacinação no inicio Primavera e no Outono, para o animal estar protegido durante os períodos mais críticos, pois a vacina não é tão eficaz a temperaturas muito elevadas ou muito baixas. A Doença Vírica Hemorrágica é uma doença com uma mortalidade de 50 a 100% com elevado poder infecioso e é provocada por um calicivírus. Este vírus pode ser transmitido de forma directa ou indirecta, por objectos contaminados, roedores, aves selvagens ou insetos. Na maioria dos casos ocorre morte súbita do animal sem quaisquer outro sinal. Por vezes, 2 dias após a infeção, aparecem sinais neurológicos ou hemorragias pelo nariz ou por outros orifícios naturais. O período de maior incidência desta doença é no Outono e no Inverno. Este vírus sobrevive cerca de 10 a 19 meses, à temperatura ambiente, sendo por isso, fundamental uma boa desinfeção. Para prevenir esta doença, os coelhos devem ser vacinados a partir das 10 semanas de idade e depois anualmente. Estas e mais informações ser-lhe-ão fornecidas numa primeira consulta!



Criado por Rafael Cardoso em 2014-07-26 10:47:19
Ultima atualizacao em 2014-07-31


<< Regressar a página anterior